Daily Archives

Roteiro – Santidade de Vida pessoal e familiar – 04/05 a 10/05

Por | ROTEIRO DAS CÉLULAS

Atenção! Confira se esta no roteiro da semana correta.  Este roteiro é para semana de 27/04 a 03/05.

=> Download da versão para Impressão ou dispositivos – ROTEIRO DA REUNIAO DE CELULA SEMANAL – 0405 a 1005

Serie formativa: Ano da colheita – Crescimento nos valores

Tema da Reunião: Santidade de vida pessoal e familiar

Encontro
  • Fraternidade: Fraternidade: Oração para Partilha do Lanche e Entrosamento.
  • Assunto: Perguntar sobre o que acharam da grande célula e motivar para a próxima dia 06/06.
Exaltação
  • Louvor: Hoje é tempo de Louvar a Deus
    Adoração: Que Santidade de Vida
Edificação
  • Escritura: 1 Pd 1,15 / Mt 5, 48

Frase para decorar: “…Sejam santos em tudo o que fizerem, assim como Deus, que os chamou, é santo” 

Partilha do Líder: Desde o AT percebemos o desejo divino em que sejamos somente seus, ou seja, santos (cf. Lv 11,44). A santidade deve ser uma meta em nossa vida. Ela foi estabelecida pelo Senhor Jesus (cf. Mt 5,48) e pelos apóstolos (cf. 1 Pd 1,15).

  • Não há nenhum sentido no nosso esforço pela vida comunitária ou o desprendimento de energia no apostolado se não objetivarmos com radicalidade a santidade. Este tema é tão importante que devemos assumi-la como uma constante em nossas vidas, por meio de momentos de reflexão a este respeito, com estudos sobre as virtudes, a luta contra as más tendências, os caminhos da austeridade e da verdadeira vida devota. É nisso que deve desabrochar nossa vida cristã. Santidade é o combate de toda a vida. Como Jacó, em Fanuel, somos chamados a sair das lutas vitoriosos (cf. Gn 32,23-32).

Mas o que é a santidade?

  • A santidade é muito bem traduzida na Bíblia na Linguagem de Hoje pelo termo “dedicação”. Essa dedicação tem o significado de pertença a Deus como propriedade sagrada e isso significa dizer “consagrado”. Também a dedicação evoca o sentido de uma aplicação pessoal em alguma coisa, função ou relacionamento, e nesse sentido a santidade é tudo isso se referindo ao Senhor e ao Seu Reino. Essa dedicação, porém, não se limita a ações, mas deve partir do coração e isso implica um valor de vida, o que equivale dizer que norteará tudo na existência da pessoa.
  • Por esta razão, cada líder de nossa comunidade deve abraçar seu chamado à santidade com verdadeira paixão, dedicando-se, orando, estudando, trabalhando, penitenciando-se, enfim, esforçando-se para chegar ao alvo juntamente com seus irmãos.

Essa dedicação ao Senhor deve abranger: 

  1. A santidade pessoal: para levar esse valor a efeito o discípulo deve assumi-lo de forma pessoal, ou seja, deve tê-lo em sua mente e coração enraizado com força e aplicar-se por corresponder-lhe com todo seu ser.

Essa é uma luta constante em que devemos contar com o auxílio da graça de Deus. Veja o que diz a Escritura sobre isso: 1 Ts 5,23-24;

  1. A santidade familiar: a santidade, como um valor pessoal, só pode ser realmente assimilada se compreender a sua consequência inevitável na família. Isso significa que ninguém pode ser santo sozinho, isolado.

Assim, a santidade pessoal não é um isolamento em relação aos “não-santos”, mas é um comprometimento em santificá-los e isso começa no lar (cf. 1 Cor 7,14). Este fator é tão importante que se reveste de uma força gigantesca quando uma família inteira abraça a vida cristã (cf. Ef 6,1-4; Cl 3,18-21).

Neste ponto é preciso lembrar que a iniciativa é do casal cristão, e isso também importa aos solteiros que se sentem vocacionados a formar famílias. Veja o que diz a Escritura sobre isso: 1 Ts 4,3-7.

Enfim, esse é só o começo da conversa… A santidade deve ser mais que um “slogan”, mas um programa de vida que paute os relacionamentos e ações nos âmbitos: pessoal, familiar, comunitário e social.

Encerramos essa reflexão tendo em conta o que afirmou o apóstolo Paulo em Filipenses 4,8-9. Leia com atenção.

  • Questões
  1. O que acontece ao crente que não deixa a santidade do Senhor brilhar por meio de sua vida e ministério? (Nm 20,12; 27,12-14). Qual deve ser o estilo de vida da pessoa comprometida com a santidade? (Rm 6,19c).
  2. No que consiste a santidade de vida pessoal? (Meditar um programa pessoal para a santidade). (Cada pessoa é convidada a refletir onde precisa melhorar no dia a dia)
  3. No que consiste a santidade de vida familiar? (Meditar como aplicar a santidade na vida família, como que criar um programa de santidade). (Ex.: Rezaremos juntos tais dias…)
Evangelismo
  • Colheita: Falar em voz audível os nomes daqueles que pretendemos convidar um dia para uma célula e orarmos após.
Entrega
  • Pedidos: Rezarem por novos líderes e pela Multiplicação de sua célula.
  • Intenções (do mês, de missões, dos membros e da célula)