A vida consagrada se caracteriza pela alegria e a simplicidade, destaca o Papa

Vaticano, 02 Out. 17 / 02:30 pm (ACI).- A Congregação das Irmãzinhas de Jesus se reuniu com o Papa Francisco no Vaticano ao realizar hoje o seu Capítulo Geral em Roma.

Uma das características da vida consagrada é “a simplicidade e a alegria” e, precisamente por isso, “para redescobrir o valor da vida comunitária, precisa procurar sempre a simplicidade, o carinho, os detalhes, o serviço, a admiração”, disse o Papa.

“Hoje, depois de aproximadamente 80 anos da fundação do Instituto, mais de mil Irmãzinhas estão espalhadas pelo mundo. Estão passando por situações humanamente difíceis, com os mais fracos e os mais pobres”.

Mas, “não só para atender, educar, catequizar – mesmo que essas coisas façam bem –, mas para amar, para estar com os mais pequeninos, como Jesus, para proclamar o Evangelho, com a vida simples de trabalho, de presença, de amizade, de acolhida incondicional”.

Francisco exortou “a manter a vida espiritual fervorosa, porque é deste amor, recebido por Deus de uma maneira incessante e sempre nova, que desborda o seu amor pelos irmãos e irmãs”.

“Não tenham medo de ir avante, levando em seus corações o pequeno Menino Jesus a todos os lugares onde estão os mais pequeninos do nosso mundo”, acrescentou.

Também fez um apelo a permanecer “livres de elos com obras e coisas, livres para amar quem encontram, onde quer o Espírito as conduza”.

O Bispo de Roma mencionou alguns problemas a serem enfrentados: a necessidade de abandonar as casas para fugir, a idade, a solidão… “Mas, em tudo isso, o amor que vocês levam em seus corações convertem vocês em mulheres livres, presas ao essencial”.

Finalmente, convidou-as a serem obedientes à autoridade eclesial e a iluminar “o mundo levando a alegria do Evangelho aos bairros, às ruas, em meio à multidão, sempre próximas aos mais pequeninos”.