Todos os post de

WebMaster Comunidade Fidelidade

“Portanto, sede vós perfeitos como perfeito é o vosso Pai celeste”.

Por | PARTILHA DO FUNDADOR

De que perfeição estamos falando?

Deus nunca propõe a Seus filhos padrão baixo. O versículo acima, entretanto, não quer dizer ser perfeito em sabedoria, como Deus o é, pois somos finitos. Não quer dizer perfeito em poder como Ele o é, porquanto sua esfera é infinitamente mais alta que a nossa.

Quer, porém, dizer que devemos amá-Lo perfeitamente, de todo o coração, entendimento, alma e forças. Isto é o que Deus deseja, pois, Seus olhos “passam por toda a terra, para mostrar-se forte para com aqueles cujo coração é totalmente dele”. Em algumas traduções encontramos: “cujo coração é perfeito para com Ele” (2Crônicas 16:9).

A palavra grega que aparece em Mateus 5:48 é teleios, literalmente significando, maduro, completo, que atingiu o alvo. Em 1Coríntios 14:20, Paulo emprega teleioi denotando física e intelectualmente homens amadurecidos.

O sentido de perfeito em Mateus 5:48 é que Deus exige de nós perfeição em nossa esfera como Deus o é na Sua. Deus deseja de nós o serviço mais perfeito que nos é possível prestar a Ele.

“A perfeição se acha definida em várias partes da Bíblia. O termo emprega-se em muitos lugares do primeiro Testamento como sinônimo de retidão ou de sinceridade. (Salmos 37:37, em hebraico).

No Novo Testamento, significa ou a posse de um claro e exato conhecimento da verdade divina, ou a posse de todas as graças do caráter cristão num grau maior ou menor. A primeira destas significações vê-se em Hebreus 5:14, onde se diz que o “mantimento sólido é para os perfeitos, os quais já pelo costume têm os sentidos exercitados para discernir o bem e o mal”; e também se pode ver em 1Coríntios 2: 6 e em Filipenses 3:15. A segunda definição vem em Tiago 1:4, onde “perfeito” significa o mesmo que “completo” na maneira de viver. Em 2Pedro 1:5 se enumeram os dons que formam o cristão perfeito”.

“Se por ‘perfeição’ o consulente quer dizer ausência de pecado, então a resposta é de que jamais na Terra alguém alcançará a perfeição. A não ser um presunçoso ou paranóico, ninguém, em sã consciência poderá afirmar estar sem pecado. Só Cristo pôde dizê-lo.

“Entretanto, os cristãos reais, os nascidos de novo, podem falar em serem perfeitos, desde que estão justificados pela fé. É que a perfeição de Cristo lhes é atribuída. Santidade.

Roteiro – Desperte o líder que existe em você – 27 de Março a 02 de Abril

Por | ROTEIRO DAS CÉLULAS

Leiam o roteiro com atenção. Ore e estude a proposta e a palavra de Deus com antecedência.

Líder, incentive e participe do Grupo Parusia de Oração!

(Relembrar e pedir se fizeram o evangelismo da Semana anterior)

Download do Roteiro da Semana

ROTEIRO DA REUNIAO DE CELULA SEMANAL – 27 de Marco a 02 de Abril

Novo Livreto de Musicas para Célula – Musicas para Celula Livreto

==========================================================================================

Download da declaração de Ideais para Imprimir: DECLARAÇÃO DE IDEAIS

Confira também o livreto de boas vindas à Célula em: LIVRETO DE BOAS VINDAS

Precisamos do silêncio para seguir

Por | PARTILHA DO FUNDADOR

Muito me incomoda em nossos tempos modernos o barulho excessivo e generalizado, ou seja, a falta de silêncio interior e exterior.

Também para podermos rezar, tomar decisões, escutar a Deus a si mesmo e aos outros. Outro dia fui ao Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida e li numa das colunas internas do Santuário o apelo: silêncio também é  oração! Parece que diante de tudo que a gente vive é necessário falar o tempo todo, pouco se faz silêncio, um dos motivos, penso eu é que na verdade nós temos medo do que vamos ouvir, por isso, o silêncio nos incomoda tanto e também nos tempos de hoje não educamos as pessoas para ouvir, vivemos no meio de muita informação e pouca comunicação.

Enquanto o caminho aperta e acelera em direção à Cruz e a Páscoa de Nosso Senhor Jesus é necessário silenciar. Não podemos fazê-lo sem passar pela ORAÇÃO nos exercícios espirituais de conversão, percebo o quão necessário é silenciar. Mesmo porque, se oração é diálogo é fundamental que ela seja intercalada de profundos momentos de silêncio. Este tem a função de abrir espaço para a Palavra do Senhor, sua direção e suas moções, mas também abre espaço para ouvir a nós mesmos e aos outros. Hoje não sabe-se falar, por quê não se forma para escutar, para compreender, para sentir com o irmão.

Quem fala quando deveria silenciar, está cheio de si mesmo e quem silencia quando deveria falar, erra, omite-se. Silêncio fecundo gera diálogo, movimento, mudança, conversão. Existe silêncio que é fuga e existem aqueles que geram comunicação, aproximação, dá qualidade a palavra, ao gesto concreto, a ação.

É verdade que o silêncio é imprescindível para rezar, mas não só para isso. Para qualquer diálogo é preciso escutar, calar e ouvir o outro, nós aprendemos a falar porque escutamos nossos pais e irmãos falando e começamos a dizer as primeiras palavras. É necessário escutar bem para falar bem e na hora certa. É necessário ouvir para aprender. Silenciar para se ter coragem para reconhecer o homem interior. É uma viagem tão pequena a que se faz da mente ao coração e do coração aos lábios, mas nós temos um medo muito grande de realizá-la, porque não sabemos o que vamos encontrar. Muitas vezes porque sabemos não temos coragem de se recolher no coração e se deparar com alguns monstros bem conhecidos.

Existem alguns níveis de silêncio que fogem muitas vezes do padrão, pois Silêncio não é somente ausência de barulho.

É verdade que o primeiro nível de silêncio é o exterior, que pode incomodar muito e interferir em nossa vida e em nossa saúde. “Sem recolhimento não há profundidade”, e vivemos na superficialidade, fazendo muito barulho para não escutar os gritos do nosso interior. Por exemplo, o barulho das grandes cidades hoje é um problema até de saúde publica, notam-se as famílias procurando residências afastadas dos grandes centros, sítios e cidades menores. A necessidade do silêncio para descansar o corpo e a alma.

O silêncio interior é antes de tudo o mais necessário e imprescindível para o ser humano, para o seu equilíbrio, para discernir e tomar decisões, para ouvir a sua consciência. Mesmo porque haverá momentos que mesmo em meio a muitas pessoas conversando, trabalhando, ou até se divertindo, isso não vai me incomodar pelo nível do barulho que esta se fazendo e pelo silêncio interior que existe dentro de mim. Por isso, a ausência de barulho interior, agitação, nervosismo e distração são essenciais para a vida de todo ser humano.

Este estado de espírito se desenvolve em nós quando construímos e temos a PAZ. Esta paz não é somente ausência de guerra, de confusão, de brigas, mas ela provém de um caminho de maturidade e equilíbrio que vou fazendo em minha vida, de escolhas, de pessoas que caminham comigo, pois o grupo que me associo pode me tirar ou me dar à paz, e isso influencia diretamente no meu interior, no silêncio ou no barulho e confusão que eu transmito. Daí eu me torno promotor da paz ou da confusão, do silencio ou do barulho.

Shalom é o nome da paz do ressuscitado, uma PAZ completa que atinge o corpo e a alma de cada homem e mulher, que ultrapassa as condições externas e nasce de uma experiência interior, de uma coragem de encarar a vida e de escutar as vozes de dentro e de fora. Jesus disse para os discípulos com medo e escondidos no cenáculo depois da experiência traumatizante da cruz: “Deixo-vos a Paz, a minha paz vos dou; mas não a dou como o mundo. Não se perturbe nem se intimide o vosso coração” (cf. João14, 27). Quando Deus visita o interior de nosso coração nasce a Paz, o SILÊNCIO e a Coragem.

Por isso, Silêncio não é somente uma questão de PSIU! E como é chato ter a necessidade de fazer ou ver e ouvir alguém colocando o dedo indicador na boca e fazendo esse barulho PSIU, que mais irrita do que resolve. O que resolve na verdade é a Paz, o Shalom que é a mãe do silêncio interior que transborda para nossa vida exterior. Desejo para você a Paz, para que possa ter o silêncio e as condições para decidir e viver melhor a sua vida! Se o silêncio é o porteiro da vida interior, façamos com coragem essa viagem preciosa da mente ao coração. Ao mundo desconhecido de nossa alma, de nossa consciência sem medo do que vamos encontrar dos monstros e das situações do passado e do presente, inferioridade e tantas outras coisas que guardamos dentro de nosso interior e que o barulho sufoca essas situações de manifestassem e serem resolvidas.

Sem recolhimento não há profundidade, sem silêncio não se ultrapassa a porta desde mundo interior que esta nosso coração e precisa vir para fora. E você verá que conhecendo encontrará mais surpresas agradáveis.

Convido a rezar comigo essa oração A Virgem Mãe do Silêncio:

Oração: Virgem do Silêncio, Tu que ouve nossas vozes, ainda que não falemos, pois compreende no movimento de nossas mãos a linguagem de nossos corações. Não te pedimos Senhora, que nos dê a voz e o ouvido para nossos corpos, mas sim que nos conceda entender a Palavra do teu Filho e o discernimento dos espíritos e das situações. Chegar a Ele com amor para salvação de nossas almas.

Queremos amar nosso silêncio para evitar a calunia, o ódio e o pecado, as decisões sem pensar e calando dar testemunho de nossa fé. Queremos oferecer-te o silêncio no qual vivemos para que todos te chamemos de Mãe e sejamos verdadeiros irmãos, sem ódios, nem rancores, como filhos teus. Pedimos que traduza nosso arrependimento, nossas palavras quando não conseguimos expressar diante do teu Filho, na hora das decisões, das escolhas e na hora de nossa morte, para que na outra vida, possamos ouvir e falar cantando tua louvação por toda a eternidade. Amém

“Sua mãe guardava todas estas coisas no coração” (Lucas 2,51).

Minha benção fraterna+

Padre Luizinho, Com. Canção Nova.

Oração pelas almas que partiram com o sinal da fé e dormem o sono da paz

Por | FORMAÇÕES

Composta pelo beato John Henry Newman, sacerdote anglicano que se converteu ao catolicismo e depois foi nomeado cardeal

A seguinte oração pelas almas do purgatório foi composta pelo beato John Henry Newman, sacerdote anglicano que se converteu ao catolicismo e depois foi nomeado cardeal pelo Papa Leão XIII, em 1879. Sua beatificação foi proclamada pelo Papa Bento XVI em 2010. Eis a belíssima oração:

Ó Deus dos espíritos de toda a carne, ó Jesus, amante das almas, recomendamos a vós as almas de todos os vossos servos, que partiram com o sinal da fé e dormem o sono da paz. Nós vos suplicamos, ó Senhor e Salvador, que, assim como em Vossa misericórdia para com eles vos tornastes homem, assim também apresseis o tempo e os admitais em vossa presença.

Lembrai-vos, Senhor, de que eles são criaturas vossas, feitas não por deuses estranhos, mas por Vós, o único Deus vivo e verdadeiro; pois não há outro Deus senão Vós e não há ninguém que possa igualar as vossas obras. Deixai que as suas almas se regozijem na vossa luz e não imputeis a elas as suas antigas iniquidades, que cometeram por causa da violência da paixão ou dos hábitos corruptos da sua natureza caída. Apesar de terem pecado, eles sempre acreditaram firmemente no Pai, Filho e Espírito Santo; e, antes de morrerem, reconciliaram-se convosco pela verdadeira contrição e pelos sacramentos da vossa Igreja.

Ó Senhor da graça, nós vos suplicamos: não vos lembreis, contra eles, dos pecados da sua juventude e das suas ignorâncias, mas, conforme a vossa grande misericórdia, estai-lhes atento em vossa glória celestial.

Que os Céus se lhes abram e os anjos com eles se alegrem. Que possa o arcanjo São Miguel conduzi-los a Vós. Que possam os vossos santos anjos ir ao seu encontro e levá-los à cidade da Jerusalém celeste. Que possa São Pedro, a quem destes as chaves do reino dos Céus, recebê-los. Que possa São Paulo, o vaso de eleição, lhes dar apoio. Que possa São João, o discípulo amado a quem foi dada a revelação dos segredos do Céu, interceder por eles. Que todos os Santos Apóstolos, que receberam de Vós o poder de ligar e desligar, rezem por eles.

Que todos os santos e eleitos de Deus, que neste mundo sofreram tormentos por vosso nome, lhes sejam amigos. Que, libertos da prisão inferior, sejam eles admitidos na glória do reino em que, com o Pai e o Espírito Santo, viveis e reinais como único Deus pelos séculos dos séculos.

Vinde em seu auxílio, vós todos, ó santos de Deus; ganhai-lhes a libertação do seu lugar de punição; ide ao seu encontro, todos vós, ó anjos; recebei essas almas santas e apresentai-as perante o Senhor.

Dai-lhes, Senhor, o descanso eterno e a luz perpétua brilhe sobre eles. Que descansem em paz. Amém.

_____________

Do site Senza Pagare

Roteiro – O Olhar de Cristo e o nosso olhar – 20 a 26 de Março de 2017

Por | ROTEIRO DAS CÉLULAS

Leiam o roteiro com atenção. Ore e estude a proposta e a palavra de Deus com antecedência.

Líder, incentive e participe do Grupo Parusia de Oração!

(Relembrar e pedir se fizeram o evangelismo da Semana anterior)

Download do Roteiro da Semana

ROTEIRO DA REUNIAO DE CELULA SEMANAL – 20 a 26 de Marco

Novo Livreto de Musicas para Célula – Musicas para Celula Livreto

==========================================================================================

Download da declaração de Ideais para Imprimir: DECLARAÇÃO DE IDEAIS

Confira também o livreto de boas vindas à Célula em: LIVRETO DE BOAS VINDAS

Vida Comunitária, um desafio pessoal

Por | PARTILHA DO FUNDADOR

Nós só podemos dizer que estamos vivendo uma vida realmente fraterna quando meus irmãos conhecerem as minhas fraquezas mais profundas. Quando os irmãos começam a conhecer e entrar nas minhas misérias e limitações.

Não posso dizer que vivo e pertenço a uma comunidade se eu não me mostro, não me revelo, não deixo me conhecer.

Na comunidade, na vida fraterna, é muito importante que eu deixe me conhecer para ser mudado. E só deixaremos isso acontecer quando vivermos em VERDADE e TRANSPARÊNCIA.

Pois só seremos amados realmente na comunidade quando nossas fraquezas e defeitos forem CONHECIDOS pelos irmãos e formadores. Assim poderemos dizer que nos “amamos” pois conhecemos uns aos outros. A Comunidade me ama, pois me conhece…

Mas isso não depende da Comunidade e sim de eu ser verdadeiro e transparente. Não ter vida dúbia e ou viver mentindo e me esquivando, se escondendo. Não tem como viver uma vida comunitária se eu não for verdadeiro. Não significa contar tudo aos outros, mas viver com transparência.

Não tenho que fingir que sou bonzinho, não tenho que fingir que gosto de fazer algo que não gosto. E fraqueza não são somente nos erros… Mas também as mágoas, limitações, falta de perdão, convivência, etc…

Se eu pertenço ao carisma, ele deve ter autoridade sobre mim para me mudar em nome de Cristo.