O problema da ausência gera a necessidade de dobrar a fé.

Quero partilhar refletindo a passagem onde Jesus aparece aos discípulos e que Tomé não está presente. “Acontece que Tomé, um dos discípulos, que era chamado de “o Gêmeo”, não estava com eles quando Jesus chegou.” (João 20, 24). Pois bem, Tomé estava ausente neste precioso momento. Perceba que logo após o fato os discípulos contaram a ele…