Partilha – Fraternidade de 03/07/2013

Nesta Quarta – Feira 03/07/2013 em nosso encontro fraterno, nosso Fundador Daniel Oliveira partilhou sobre a palavra de Deus no evangelho do dia. Evangelho do dia 04. (Jo 20, 24-29)

Vejamos um pouco do que foi partilhado dessa  palavra…

Nós podemos ter na vida de Cristão o privilégio de ter a dúvida, porque isso não é algo exclusivo para alguns, esse privilégio é para todos. A dúvida de certo modo é boa pois exercita nossa fé!

Não existe ninguém que creia cegamente, que nunca tenha passado pela provação da duvida, porque essas duvidas são esclarecidas, como foi a de  Tomé (Jo 20,24-29). A dúvida que Tomé tinha era de que se ele não visse e nem tocasse em Jesus Ressuscitado, ele não acreditaria, mas no fundo Tomé tinha Fé, porque sabia que Jesus podia fazer, mas só  não acreditava  que Jesus estaria ali e que teria aparecido. Então não é privilégio para alguns, todos nós passaremos ou passamos por isso, feliz como está na palavra de Deus é aquele que crer sem ter visto.

Tomé ainda teve o grande privilégio de ter visto para acreditar, mas nós não teremos este privilégio, só teremos nossa duvidas, e nunca digamos “Confiamos cegamente em Jesus Cristo”, pois não existe  ninguém, nenhum ser humano não tenha tido duvida, até os grandes santos que passaram pelos seus desertos!

Então que possamos pedir e clamar a Deus que nós momentos de dúvida em nossa vida, não sejamos iguais a Tomé para querer ver e tocar para crer e que continuemos seguindo sem ver apenar pela Fé, pois o senhor não poderá nos oferecer o mesmo.

A duvida sempre passara pela nossa vida cristã, o importante é como a enfrentamos, temos que passar por ela e conseguir elimina-la com a nossa Fé, porque outras duvidas virão ao longo da caminhada e é fato de que quando rezamos e clamamos a Deus algo que queremos, num piscar de olhos o inimigo coloca em nosso coração duvidas e questionamento de que nosso pedido talvez nosso pedido não seja atendido por Deus, não diferente de Tomé.

Ressuscitar é Ressuscitar! É Crer que vai acontecer de qualquer maneira, de uma ou de outra. Passar pela duvida é um ato de fé… é enfrentar o que Tomé enfrentou, é encontrar com Jesus Ressuscitado no momento certo e não antes do tempo, não queiramos provas autenticas e racionais da existência de Jesus e de nossa salvação! Ela é fato. As duvidas não…