Para tudo há um tempo, para cada coisa há um momento debaixo dos céus.

1. Para tudo há um tempo, para cada coisa há um momento debaixo dos céus: 2.tempo para nascer, e tempo para morrer; tempo para plantar, e tempo para arrancar o que foi plantado; 3.tempo para matar, e tempo para sarar; tempo para demolir, e tempo para construir; 4.tempo para chorar, e tempo para rir; tempo para gemer, e tempo para dançar; 5.tempo para atirar pedras, e tempo para ajuntá-las; tempo para dar abraços, e tempo para apartar-se. 6.Tempo para procurar, e tempo para perder; tempo para guardar, e tempo para jogar fora; 7.tempo para rasgar, e tempo para costurar; tempo para calar, e tempo para falar; 8.tempo para amar, e tempo para odiar; tempo para a guerra, e tempo para a paz. 9.Que proveito tira o trabalhador de sua obra? Ecle 3

Eclesiastes traz para nós uma maneira sábia e correta de viver. Deus é a nossa fonte de felicidade e liberdade. Se nos colocamos no tempo certo das coisas e de Deus nossa felicidade será mais completa. A ansiedade é uma doença predominante hoje, até mesmo nas crianças percebemos a ansiedade nas coisas. A globalização e a quantidade de informações tem nos deixado doentes e impacientes cada vez mais. Algumas obrigações tem seu tempo já determinado e com poucas variedades de adequação. Por exemplo o trabalho, nele temos horário para entrar, pausar e sair e não existe muita flexibilidade, outras porém, poderiam ser melhor administradas.  O problema se generaliza quando estamos muitas vezes com a cabeça adiante do que esta acontecendo no momento. Nem trabalhamos direito e nem descansamos. Já ouviu aquela frase: “estava com a cabeça longe…”.

Pois bem, muitos estão com a cabeça longe o tempo todo, sempre com as preocupações exageradas e adiantadas. A famosa síndrome descoberta e defendida pelo psiquiatra Augusto Cury, (SPA – Síndrome do pensamento acelerado), sofremos por antecipação.  O “SPA” é caracterizado por baixa concentração, dificuldade em lidar com estímulos da rotina diária, irritabilidade, esquecimento, ansiedade intensa”. Acontece que as pessoas pensam em cada vez mais coisas e pensam cada vez rapidamente, o que obriga a uma tensão psíquica intensa para que o cérebro possa responder ao que dele exigimos.

As vezes precisamos tomar decisões difíceis para ter uma qualidade de vida melhor, isso eu falo no plano físico, espiritual e emocional.

Segue abaixo minha reflexão a um estudo publicado:

Existem dois tipos de Pessoas:
01 – Que passa pela vida sem perceber o que está acontecendo;
02 – Que percebe tudo que acontece na vida.
.
Que passa pela vida sem perceber o que está acontecendo.
Normalmente essa classe está evidenciada na classe alta e media da sociedade; são indivíduos que estão preocupadas em adquirir um maior poder aquisitivo e alto destaque em seu meio. Estão presas a projetos inacabáveis e nunca se contentam com as bênçãos celestiais; sofrem durante todo dia buscando novas idéias que ocasionam insônia, depressão, pensamento de suicídios e todos os distúrbios da mente humana. Quando chegam à velhice se dão conta que obtiveram muitos bens materiais, mas não tiveram tempo de desfrutarem dos mesmos porque estavam ocupa das demais para coisas que pareciam insignificantes. Entretanto eram dádivas de Deus para que usufruíssem ao logo da jornada terrena.Encontramos pessoas que são escravas do pensamento acelerado de uma forma tão esmagadora que não param para observar a natureza, o sorriso de uma criança e comumente esquecem até de dar um beijo em um familiar querido. Percebemos cada vez mais pessoas que não estão nesta classe, vivendo desta forma.

Que percebe tudo que acontece na vida.

Nesse grupo encontramos indivíduos sensíveis a Palavra de Deus que levam uma vida de meditação, gostando de ajudar o semelhante e ver uma sociedade melhor. Normalmente atuam com brandura para que venham ofender o semelhante e são amáveis especialmente com os familiares. Creio que Eclesiastes queria nos mostrar isso. Cada momento deve ser aproveitado e digerido de maneira especial, viver…
.
Desacelere…
Não estamos aqui simplesmente para “passar”. Somos o que somos e não o que temos…  Não estou dizendo que devemos deixar nosso tempo e obrigações a “Deus dará” mais confiar e realizar as coisas e viver os momentos com intensidade e valores adequados.  Para descobrir isso é necessário fazer constantemente m leitura do tempo dedicado a cada momento e situação. O mundo e as coisas mudam, mais nosso futuro pertence a Deus. Se confiamos Nele precisamos diminuir a carga de preocupação e viver melhor o dia de hoje e confiar no tempo de Deus.
Aprecie a vida com o cônjuge e filhos em todos os momentos e com os bens que Deus tem dado a você (Ec 9:7-9). O tempo não volta atrás.  Nosso lar dever ser lugar de permanente ação de graças e adoração à Deus. Você e sua família merece viver momentos felizes e abençoados por Deus, não desperdice as oportunidades.
O trabalho não deve ser um fim em si mesmo. Não precisa ser uma fadiga (Ec 5:16-18).  Passamos o maior tempo de nossa vida no trabalho, precisamos torná-lo em um lugar agradável e alegre, fruto das relações interpessoais sadias.
Uma regra de ouro: Antes de falar, escute. Antes de escrever, pense. Antes de gastar, ganhe. Antes de julgar, perdoe. Antes de desistir, tente.
.
Deus te abençoe.  Daniel Oliveira