Roteiro – Evangelismo por amizade – 25/05 à 31/05

Atenção! Confira se esta no roteiro da semana correta.  Este roteiro é para semana de 27/04 a 03/05.

=> Download da versão para Impressão ou dispositivos – ROTEIRO DA REUNIAO DE CELULA SEMANAL – 2505 a 3105

ROTEIRO DA REUNIÃO DE CÉLULA SEMANAL

Nome da Célula: _____________________________________________ DATA: ___/___/___

Líder: __________________________________ Auxiliar: ________________________________

Serie formativa: Ano da colheita – Crescimento nos valores

Objetivo: Propósito do Evangelismo

Tema da Reunião: Evangelismo por amizade.

Encontro
  • Fraternidade: Fraternidade: Oração para Partilha do Lanche e Entrosamento.
  • Assunto: Motivar para a próxima grande célula dia 06/06.
  • Pedido: Lideres, solicitar que auxiliares iniciem a leitura bíblica e início da partilha.
Exaltação
  • Salmo: A Escolha /  Louvor: Quero Louvar-te   /   Adoração:  Não há Deus Maior
Edificação
  • Escritura: Eclesiastes 4, 7-12 (NTLH)
  • Frase para decorar: “Quando estou entre os fracos na fé, eu me torno fraco também a fim de ganhá-los para Cristo” (1 Cor 9,22a).

Partilha do Líder: Evangelismo por amizade.

Essas palavras vêm de encontro a aspiração do carisma de nossa Comunidade Fidelidade: Ser Santo para Santificar. Elas baseiam-se no Evangelho de MT, 5 – 48. Leia e ore com elas!

No clamor dos homens de ontem e de hoje ouvimos a voz do Espírito, que nos chama à Nova Evangelização. Mas daí vem a pergunta: “Como responder a isso de forma tão eficaz, como fizeram as primeiras gerações cristãs? ”.

A força dos relacionamentos

A mensagem do Evangelho é essencialmente um convite ao relacionamento. Os primeiros discípulos, que tinham um relacionamento pessoal com Jesus, tanto físico-afetivo como espiritual, convidavam outras pessoas, principalmente de seu círculo de amizade, de seu mundo, para tomarem parte nesta doce comunhão com Deus e uns com os outros (cf. 1 Jo 1,1-4).

Dentro da ótica do NT a salvação de uma pessoa passa pela imersão dela em uma comunidade cristã (cf. At 2,47b). Não há salvação solitária, isolada. A experiência de salvação se dá no contexto comunitário, eclesial.

Veja o exemplo de São Paulo. Ele perseguia cristãos e comunidades, mas quando foi iluminado pelo céu e lançado ao chão, ouviu de Cristo: “…Por que você me persegue? ” (At 9,4).

Perseguindo a Igreja (cf. Fp 3,6) na verdade atacava a Cristo, pois ela é o Seu Corpo Místico (cf. Cl 1,18). Logo, o encontro com Deus está ligado a uma experiência comunitária.

A via pela qual a maioria das pessoas vai a Cristo é o relacionamento com cristãos. A partir de um amigo a pessoa é apresentada ao Grande Amigo! (cf. Jo 15,15)

Antes de pregar o Evangelho com palavras temos de pregá-lo com a vida vivida, ou seja, com o testemunho, com o bom relacionamento com as pessoas.

Evangelismo não é tanto transmissão do conteúdo informacional do Evangelho, mas relacionamento efetivo com incrédulos e afastados.

Não à toa se diz nos evangelhos que o apelido de Jesus era “comilão e beberrão; amigo dos cobradores de impostos e de outras pessoas de má vida” (Lc 7,34). Jesus era relacionamento!

O fato de alguém dizer de um púlpito: “Jesus te ama e eu também” é o mesmo que oferecer um relacionamento sem estar presente. Entregar um folheto evangelístico não é a mesma coisa que entrar em contato pessoal com nossos alvos.

Na Evangelli Gaudium o Papa Francisco propõe o evangelismo por amizades como principal método de evangelização moderno.

De pessoa a pessoa. Hoje, que a Igreja deseja viver uma profunda renovação missionária, há uma forma de pregação que nos compete a todos como tarefa diária: é cada um levar o Evangelho às pessoas com quem se encontra, tanto aos mais íntimos como aos desconhecidos. É a pregação informal que se pode realizar durante uma conversa, e é também a que realiza um missionário quando visita um lar. Ser discípulo significa ter à disposição permanente de levar aos outros o amor de Jesus; e isto sucede espontaneamente em qualquer lugar: na rua, na praça, no trabalho, num caminho” (n. 127)[1].

  • Questões
  1. O que a Bíblia ensina sobre o valor da amizade? (Eclo 6,14).
  2. O que podemos obter e dar através de boas amizades? (Eclo 6,15-17).
  3. O que aprendemos sobre evangelismo por amizades?
  4. Explique o que é uma célula a partir de Eclesiastes 4,7-12. (Pode ser em Casa)
? Evangelismo
  • Colheita: Em um gesto concreto, durante a semana falar sobre as células a uma pessoa.
Entrega
  • Pedidos: Rezarem por novos líderes e pela Multiplicação de sua célula.
  • Intenções (do mês, de missões, dos membros e da célula)

_____________________________________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________________

Anotações do Líder

 

http://www.cifraclub.com.br/flavinho/quero-louvar-te/

http://www.pegacifra.com.br/cifras/padre-zeca/nao-ha-deus-maior_5007.html